29 de set de 2007

O Búfalo da Noite

Gregorio é um jovem esquizofrênico, que deixou recentemente o hospital. Ele namorava Tania, que iniciou um caso com Manuel, o melhor amigo de Gregorio, enquanto estava internado. Logo após receber alta Gregorio se mata, o que faz com que Tania desapareça por uns dias. Já Manuel recebe uma caixa enviada por Gregorio, que contém pequenos bilhetes por ele escritos.

O roteirista Guillermo Arriaga se notabilizou pelos filmes que fez em parceria com o diretor Alejandro González-Iñárritu. Aqui é seu livro que é adaptado, pelo próprio Arriaga e por Jorge Hernandez Aldana, também diretor do filme. Pode-se perceber algumas semelhanças no formato da história, como a trama fragmentada e narrada de forma não-linear. Trata-se, em sua essência, de um filme sobre o sentimento de culpa e as contradições que ela provoca.

Além disto O Búfalo da Noite apresenta uma situação que tem se tornado relativamente comum nos dias atuais: o relacionamento pelo sexo. Manuel (Diego Luna) e Tania (Liz Gallardo) pouco conversam ou se encontram fora do apartamento 803, o reduto onde se encontram para transar.

E não é só entre eles que isto acontece, mas com todas as conquistas do personagem de Diego Luna. Há diversas cenas de sexo no filme, inclusive com nu frontal masculino e feminino. Este lado ressalta a grande contradição entre Manuel e Tania, que volta e meia se declaram apaixonados um pelo outro mas pouco se entendem quando estão fora da cama. As próprias atitudes de ambos reafirmam esta situação, ela às vezes agindo contra Manuel e ele traindo-a seguidamente, sem qualquer remorso. Surge então a questão: o sentimento entre eles é mesmo amor ou apenas desejo carnal, daqueles avassaladores? Os personagens jamais enfrentam este questionamento, mas é algo que surge naturalmente na mente do espectador.

Independente do que seja o relacionamento entre Manuel e Tania, ambos precisam lidar com o suicídio de Gregorio e o fato de que o traíram - ela o namorado, ele o melhor amigo. Seu fantasma assombra a vida de ambos, o que gera mais uma contradição: ao mesmo tempo em que se desejam, ou se amam, sentem-se culpados pelo ocorrido.

Entretanto O Búfalo da Noite tem um pecado inexplicável: a súbita aparição da personagem Rebeca, que nada faz na trama além de atender ao pedido de Manuel para que fique nua. É, apenas isto, não há referência alguma à personagem no restante da história. Apesar disto trata-se de um bom filme, com destaque para a bela fotografia em tom azulado.

O Búfalo da Noite (El Bufalo de la Noche), de Jorge Hernandez Aldana, México, 2007, 99′ (LP)

Mostra Première Latina

Nota: 7,0

Ficha no Adoro Cinema

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...