16 de set de 2007

Eu Não Quero Dormir Sozinho

Depois de ser roubado e agredido nas ruas de Kuala Lumpur, sem-teto cai nas boas graças de homem solitário que cuida dele e lhe dá moradia. Mas logo o misterioso andarilho se envolve com uma tímida garçonete e sua fogosa patroa. Os quatro personagens vivem um inusitado jogo de sedução, ao mesmo tempo em que a cidade mergulha numa densa fumaça tóxica causada por um desastre ambiental.

Os personagens centrais passam o filme inteiro se encontrando e desencontrando, isolados em sua incomunicabilidade. Longas tomadas, diálogos desconexos, situações bizarras. Não sabemos muito sobre cada um. Aliás, não sabemos quase nada. Apenas que são terrivelmente sozinhos e desesperados por companhia. E tamanho distanciamento, mesmo que seja intencional, acaba causando no espectador uma tremenda indiferença. Fica meio difícil se importar com a sorte dessas pessoas sobre as quais nada se sabe. Eles que durmam sozinhos ou com quem quiserem, porque após quase duas horas seguindo suas desventuras pelos becos e cortiços taiwaneses, o pobre espectador é quem sente vontade de dormir.

Eu Não Quero Dormir Sozinho (Hei Yan Quan), de Tsai Ming-Liang, (Tai/Fra/Aus), 2006. 118’ (LEP)

Mostra Panorama

Nota: 3,0

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...