30 de set de 2007

Os Mal-Criados

Stevie é uma garota de 14 anos que faz de sua vida o que bem entende, já que os pais levam uma vida pautada por sexo, drogas e tráfico e não costumam se preocupar com sua criação. A carência afetiva faz com que ela tenha atitudes desesperadas, como se oferecer a um amigo dos pais só porque este lhe dá um mínimo de atenção ou inventar para as meninas da vizinhança uma biografia bem diferente da realidade.

O grande problema de Os Mal-Criados é apresentar um tema batido sob uma perspectiva idem. Quantos filmes já foram feitos mostrando uma adolescente sensível tentando sobreviver a pais desajustados? O futuro de uma menina com Stevie? Isso é pergunta sem resposta. E o longa é mais do mesmo, não difere em nada de outros que se propuseram a enfocar o tema juventude perdida. Ainda assim, é um filme relativamente bem conduzido. Birol Ünel, já visto no bom Contra a Parede, tem presença forte na tela como o pai.

Os Mal-Criados (Die Unerzogenen), de Pia Marais, Alemanha, 2007. 95’ (LEP)

Mostra Expectativa

Nota: 6,0

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...