23 de set de 2007

Homens Nus

Tibor é um escritor cinqüentão em crise conjugal e profissional, casado com uma atriz cuja carreira também já teve dias melhores. Sentindo-se solitário durante uma das muitas viagens da mulher, envolve-se num caso tumultuado com um belo rapaz de apenas 19 anos. Transtornado pela paixão, Tibor não se dá conta do que a perigosa aventura pode causar em sua vida. Exibido na Mostra Panorama do Festival de Berlim 2007.

Filme pra lá de convencional, em cima de um argumento manjadíssimo. Não há nada mais surrado do que o tema do homem mais velho que redescobre o prazer de viver através da paixão por uma pessoa mais jovem. E a tentativa ser “moderno” ao criar uma versão homossexual da mesma história de sempre tampouco é novidade. O mais curioso é que dentro do próprio filme há uma crítica velada à sua falta de criatividade. O protagonista tenta vender a seu editor uma história sobre um homem em crise de meia-idade que se apaixona por uma jovem prostituta. Ao que o editor argumenta que não há nada de original na história e que o autor deveria apimentá-la transformando a jovem num garoto. Exatamente o que vemos na tela. Não se pode negar que os húngaros pelos menos têm senso de humor.

Homens Nus (Férfiakt), de Károly Esztergályos, Hungria, 2006. 94’ (LEP)

Mostra Mundo Gay

Nota: 3,0

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...