22 de dez de 2007

O Nome Dele Não é Johnny

Coletiva de imprensa do aguardado Meu Nome não é Johnny. Segundo informações da assessoria, deveriam estar presentes os astros Selton Mello e Cleo Pires, o diretor Mauro Lima e a produtora Mariza Leão, além, é claro, de João Guilherme Estrella - o próprio Johhny. Chegando lá, começam as baixas: a produtora e o diretor tiveram contratempos de última hora e não puderam comparecer. Algum tempo depois, somos informados de que Cleo Pires (que estava presente no local, sendo entrevistada e fotografada) também não poderia ficar para a coletiva. Das cinco pessoas anunciadas, restavam duas. A boa surpresa é que as duas que ficaram foram responsáveis por um excelente papo. João Estrella, biografado do filme, é uma figura muito simpática e que fala com bastante sinceridade sobre seu passado de sexo, drogas e rock’n’roll. E Selton Mello, além de ser um grandes atores do Brasil, é uma dessas raras pessoas que aliam conhecimento profundo de seu ofício com uma irreverência cativante. Mesmo com visível cansaço físico (tinha chegado de viagem e dali seguia direto para a pré-estréia), o ator se mostrou tão descontraído como o vemos no seu programa Tarja Preta. Seguem dois exemplos:

“Meu primeiro grande personagem no cinema foi no filme Guerra de Canudos. Porque nos primeiros filmes que eu fazia, eu sempre morria no início. Era um trauma que eu tinha, eu nunca passava dos dez minutos. Então, meu sonho era chegar até o final de um filme. No Guerra de Canudos eu morri, mas morri no fim. Fiquei uma hora e meia em cena.”

(Selton explica o carinho que tem por Mariza Leão, produtora de Meu Nome Não é Johnny e Guerra de Canudos)

“Tô acordadíssimo, hein, cara? Dormi cedo, tô pensando bem…”

(Espantado com a própria lucidez após dar uma resposta mais elaborada)

Em tempo: Meu Nome Não é Johnny estréia no dia 4 de janeiro. Aguardem mais comentários aqui no site.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...