3 de abr de 2008

Horton e o Mundo dos Quem


Desde Toy Story o mundo da animação mudou. A tradicional animação 2-D foi praticamente aposentada e a animação computadorizada tornou-se um sucesso, de público e de crítica. As principais premiações passaram a ter categorias próprias para os longa-metragens de animação e houve uma explosão de lançamentos do gênero, especialmente em Hollywood. Tudo isto, por um lado, fez com que a animação vivesse um novo boom, com mais estúdios se dedicando à área. Porém também tem feito com que uma mesma fórmula seja seguidamente repetida, filme após filme: a de usar animais falantes de forma infantilizada, no intuito de atrair a criançada.

Esta é a principal característica e também o maior problema de Horton e o Mundo dos Quem. Sim, é óbvio que trata-se de um filme infantil, até mesmo pelo autor da história. Theodor Seuss Geisel, mais conhecido como Dr. Seuss, é um ícone da literatura infantil nos Estados Unidos. No cinema já teve dois de seus livros adaptados recentemente: O Grinch e O Gato. Horton e o Mundo dos Quem é a 1ª adaptação no formato da animação, mas mantém as mesmas características dos filmes anteriores: personagens simplórios e coloridos, onde o bem e o mal são nitidamente definidos, lições de moral embutidas... tudo para facilitar o entendimento infantil. Quanto a isto o objetivo foi plenamente atingido. A questão é: e quem já passou dos 10 anos, como fica?

Fica entediado, aguardando o término do filme. Por melhor que seja a qualidade da animação, a infantilidade dos personagens cansa. Especialmente de Horton, com seus trejeitos e brincadeiras exageradas. Há até uma questão interessante em torno da ignorância sobre a própria vida, pelo fato dos Quem desconhecerem a existência de algo muito maior que seu mundo. Mas este é um tema adulto, ou seja, fora do objetivo do filme. É citado e descartado com extrema velocidade, talvez para não criar dúvidas nas cabeças dos pequeninos. Afinal de contas, o filme é para eles. E só para eles.

Ficha de Horton e o Mundo dos Quem no Adoro Cinema

Um comentário:

Hello Love disse...

Vi o Horton numa sessão cheia de crianças e seus pais, na hora que o filme acabou, vi muitos pais comentando que o filme é bom, tinha gente adulta que até deu risada na saída do cinema! Parece que agradou!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...