15 de abr de 2008

Duelo Nacional

O 1º round foi em setembro do ano passado, na escolha do representante brasileiro ao Oscar de melhor filme estrangeiro deste ano. Em decisão polêmica, pela inscrição em cima da hora de Tropa de Elite e pela própria escolha, deu O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias.

O 2º round ocorrerá hoje, a partir das 21:30 hs, na cerimônia de entrega do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Os dois filmes estão empatados em número de indicações: 13. E em apenas 3 categorias eles não se enfrentam diretamente: melhor ator, melhor atriz coadjuvante e melhores efeitos especiais. Ou seja, independente de quem vença, o duelo Tropa de Elite x O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias promete nortear a premiação deste ano. E o quanto isto importa?

Em termos financeiros, não muito. O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro ainda não traz grandes reflexos na carreira comercial de seus indicados e vencedores, como ocorre com algumas premiações mundiais. Este ano até houve, no Rio de Janeiro, uma semana dedicada aos indicados num dos cinemas da cidade, mas sem grande estardalhaço. O grande destaque continua sendo o fato de que, assim como no Oscar, quem indica e elege o vencedor são as pessoas que fazem o cinema acontecer. Ou seja, não sou eu nem você quem escolheu o melhor, mas quem trabalha na área. É o reconhecimento do próprio meio que, sem dúvida alguma, tem sua importância.

Para o espectador há também sua diversão, mais pelo lado do torcedor. A reclamação pela não-indicação de determinado filme ou pela indicação de outro, a escolha e consequente torcida pelo seu candidato favorito, as injustiças que sempre acontecem segundo a ótica de cada um... Para resumir: a torcida que também existe no Oscar, só que em âmbito reduzido e doméstico. É lógico que o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro está longe da importância e reconhecimento do Oscar mas, dentro dos seus limites, é também uma premiação interessante.

E, para não ficar em cima do muro, assumo que torço por Tropa de Elite na cerimônia de hoje. Já que Batismo de Sangue foi quase que esquecido pelos eleitores da Academia Brasileira de Cinema, minha torcida fica pelo filme de José Padilha.

Confira: Hoje é dia do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Veja os indicados à premiação deste ano

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...