22 de jan de 2008

Adeus, Heath Ledger

Tem certas notícias que a gente custa a acreditar, principalmente quando dizem respeito à morte de alguém jovem e aparentemente saudável. Assim foi quando ouvi que Heath Ledger havia morrido hoje à tarde. Ainda não se sabe ao certo se foi suicídio ou uma overdose acidental - a autópsia está marcada para amanhã -, apenas que o ator australiano de 28 anos foi encontrado em sua cama nu e rodeado de pílulas quando uma empregada foi avisá-lo da chegada de sua massagista.

Depois de obter em 2006 sua primeira indicação ao Oscar como o caubói homossexual de O Segredo de Brokeback Mountain, Ledger vinha se firmando cada vez mais como grande promessa de sua geração. E dois trabalhos seus ainda inéditos devem causar sensação: ele é uma das facetas de Bob Dylan no poético I’m Not There e também o célebre Coringa em O Cavaleiro das Trevas, novo longa do Batman. Pelo que pude ver no trailer, sua caracterização do personagem é menos farsesca e mais próxima da realidade. O que o torna bastante assustador. Ainda mais agora, sendo um filme póstumo.

Descanse em paz, Heath. Mas o cinema vai sentir sua falta.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...